Eu sou que sou

Eu sou semelhante a árvore,
Sinto calor, cansaço, frio, vontade ...
Quando me ferem,
eu choro e grito de dor.

Me identifico com pássaro,
Voo quando me sinto livre,
Mas caio quando me prendem.

No entanto, prendendo-me,
Transformo em Leão,
Porque eu sou o rei da minha vida,
Sendo rei, eu penso,
Quando penso, eu existo.

Autor: Evandro Canuto de Sa

Olá, como estão leitores, todos ótimos? Acredito que estão. - Revelando [um pouco] o meu ser, eu nasci no ano de 1999, na cidade de Bauru-SP. Atualmente, estou cursando jornalismo, um curso que está ligado aos meus hobbies e amo jogar. Ademais, gosto e muito de aprender, pois quanto mais conhecimentos, novas portas são abertas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s