Coringa e suas cores

Depois de anos de existência, heróis se firmaram na sociedade. Atualmente, independente da idade, a maioria gosta de heróis, a título de exemplos : Batman, Homem de ferro, Capitão América … Porém, juntamente com o gosto por heróis, veio a simpatia pelos vilões. A prova disso, seria bilheterias de Venom (2019) e Coringa (2019). – Especificando no Coringa, desde a primeira aparição, até os dias de hoje, o personagem vem ganhando notoriedade, graças as suas loucuras, comportamentos e aparência assustadora; contudo, será que o designer do indivíduo “bate” com o seu comportamento e filosofia ? É sobre isso, que será exibido nesse texto.

Historicamente, de acordo com Antônio (2007), Coringa apareceu pela primeira vez, nos quadrinhos de Batman, na década de 40; sendo exibido como palhaço misterioso e macabro. – Desde a sua revelação, Coringa permanece com as mesmas cores, são elas : verde (Cabelo), vermelho (Maquiagem da boca), violeta (Roupa) e branco (Maquiagem da face).

Essas cores possuem significados interessantíssimos; começando pela coloração verde. Segundo o site ‘Matilde Filmes’, verde representa a cor da natureza, e, curiosamente, também é associado a burguesia. Próxima cor, vermelho, demonstra paixão, ódio, e tem forte relação com a palavra transformação. Outro tom, violeta, carrega consigo mesmo o conceito de extravagância; e pela história, a pintura foi congruente com o termo poder e riqueza. Por último, não menos importante, o branco, a tonalidade é retribuída como a cor da paz, porém, também pode simbolizar algo vazio.

Perante essas informações, é dedutível que o personagem é vazio por dentro, que tem ódio por algo, e quer transformar a sociedade onde habita (Colocando a felicidade (Famoso “Ha Ha Ha”) em Gotham, local que ninguém têm esperança). Mas para realizar a transformação, Coringa se extravaga, com seus crimes, para chamar atenção. No filme ‘Batman – O cavaleiros das trevas’, Coringa se autodenomina de Caos, ou seja, com essa informação, o Caos faz parte dele, uma das personalidades naturais do ser vivo ideológico.

Respondendo à pergunta levantada, no primeiro parágrafo; sim. A psicologia que as cores carregam, estão completamente vinculadas com as personalidades do Coringa.

Referência(s)

RIBEIRO, Antônio Luiz. Coringa. Guia dos Quadrinhos, 2007. Disponível em : < www.guiadosquadrinhos.com/personagem/coringa-/196 >. Acesso em : 26/01/2020.

Psicologia das Cores : guia avançado para profissionais. Matilde Filmes. Disponível em : < http://www.matildefilmes.com.br/psicologia-das-cores-guia-avancado-para-profissionais/ >. Acesso em : 26/01/2020.

Autor: Evandro Canuto de Sa

Olá, como estão leitores críticos ? Revelando (Pouco) o meu ser, eu nasci em 1999, na cidade de Bauru-SP. - O que levou eu criar esse site, foi pelo gostar de escrever textos que estimulam, o senso crítico e criatividade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s